Archive for the 'Ushuaia – Terra do Fogo' Category

Melhores Fotos de Ushuaia

Das mais de 800 fotos tiradas selecionei 74 como as melhores.

Clique AQUI para conferir!

Anúncios

Final da Temporada de Ski

Final da Temporada de Ski

Dia 24/08

Mais uma bela manhã vista da janela

Mais uma bela manhã vista da janela

Hoje a Isa amanheceu indisposta…muito cansaço de toda agitação…resolveu dormir até mais tarde e passear pela cidade enquanto eu voltei para o Cerro Castor. Chegando lá…logística de sempre…alongamento, equipamento e subida a montanha…fui fazendo as pistas, mas cada vez que passava pela entrada da pista El Condor e me perguntava se voltaria lá ou não….estava também muito cansado e a cada descida as coxas queimavam…pensei que deveria ter ficado com a Isa e assim dava um tempinho para as pernas…823EL_0490

Parei para almoçar e subi novamente….fiquei observando um senhor descer com todo cuidado a El Condor que eu estava receoso ( pra não dizer, apavorado). Tomei coragem e fui pra ela. Já na descida  que da acesso, que tem uma curva fechada, passei reto….estava nervoso, tinha que me acalmar.  Parei um pouco antes da parte mais íngreme e fiquei olhando…não vinha ninguém atrás de mim…olhei para  a casinha da Telesilla e vi que observavam.

823EL_0491O difícil é que você tem que se inclinar para baixo…encarando a montanha…e o teu cérebro diz…NÃO vai pra traz….lutando contra esse instinto de preservação, virei a cabeça para a base e fui…comecei a ganhar velocidade e fiz rapidamente uma virada forte para direita, nem bem acabei e já tive que fazer outra para esquerda….e assim fui para não deixar ganhar tanta velocidade….aos poucos se entra num ritmo e se vai até a base…..comemorei….as coxas queimavam como nunca.

Voltei para a cidade feliz mas destruído….resolvemos jantar em casa hoje….empandas e batatas preparadas na lareira.

Dia 25825EL_0079

Rotina feita e subimos….dia delicioso…completamos todas as pistas do Cerro e fizemos um fora de pista lindo….chegamos a beira de um vale com neve muito fofa…muito bonito…

Fora de Pista

Fora de Pista

P8230364

IMG_2697

Fizemos a El Condor mais uma vez e agora já não tem mais mistério. Muitas fotos e nos despedimos do Ski e do topo da montanha…como amanha tentaremos o Snowboard…certamente não iremos ao topoIMG_2695

Na cidade fomos novamente no restaurante Tia Elvira e comemos mais Centollas…muito bom!IMG_2702

IMG_2705

Dia 26

Dia de Snowboard… o tempo virou novamente, na base da montanha chove e um pouco mais acima dos 4oom neva…alugamos os equipamentos e já de cara não sabíamos se nosso pé que da apoio era o direito ou o esquerdo…o teste é o seguinte, empurre a pessoa e o pé queela colocar para frente para não cair é o pé de apoio., esse teste não se mostrou tão eficiente para mim. Bem, contratamos uma aula particular e as 11:00 estávamos na pista de iniciantes…CARACAS…como é difícil….nosso instrutor com toda a  paciência nos mostrava os exercícios.IMG_2713

Eu estava muito cansado e até um pouco enjoado, mas estava me divertindo. Caiamos MUITO, mas aos poucos fomos pegando…daí em uma descida, inverti o pé de apoio e ficou BEM melhor…mas teria que descer e regular a prancha lé em baixo…como tínhamos 3 horas de aula resolvi deixar assim mesmo…nevava muito e eu estava sem casaco de tanto que suava…IMG_2714

Já estávamos fazendo curva para os dois lados e é claro caindo bastante….fim de aula, agradecemos o instrutor e ficamos praticando um pouco mais…a essa altura eu já estava com muita dor de cabeça,…acho que tantos tombos somado ao cansaço que já estava…minha bateria dava sinais de falha. Achei melhor colocar o casaco novamente apesar do “calor”.IMG_2717

Descemos para comer e resolvi que não subiria mais…fiquei a beira da lareira do restaurante e dei uma bela dormida…acordei com meus pé quase queimando…enquanto isso a Isa ainda treinava fazer curvas com o Snowboard.IMG_2719

As 4:30 nos encontramos para voltar e fazer uma massagem nas pernas para aliviar da semana inteira de esforço e fechar oficialmente a temporada de esqui 2009…como a Isa disse, agora é ferias.

Final de temporada

Final de temporada

ATÉ  A PROXIMA…

3 dias de esqui já foram

23/08

Agora sim 3 dias inteiros de esqui…

No dia 21 acho que nossa reclamação pelo nível de serviço foi entendida, pois melhorou muito. O café da manhã pronto desde cedo e a arrumação da nossa “Casa” também.

Chegamos ao Cerro Castro as 10:30, pegamos nossos equipamentos e subimos…fizemos uma descida e fomos encontrar com o nosso instrutor. O tempo não está ajudando com uma mistura de gelo com chuva. Encontramos com Christophe, nosso instrutor. Um Frances que vem para o Ushuaia a 6 anos no inverno para dar instrução. No resto do ano da aula na Europa. Simpático, espirituoso e exigente. Chama atenção de verdade quando estávamos fazendo errado.IMG_2548

O tempo não melhorava e já estávamos encharcados. Assim as 14:30 demos a aula por encerrada e descemos para almoçar. Depois do almoço a chuva continuava, mas um Café Irlandês me deu coragem e calor para fazer mais umas descidas.IMG_2515 A Isa resolveu ficar curtindo o sofá e a lareira do restaurante. Subi no lift como se fosse um Tatu-bola. Me enrolei todo fui…muito frio e chuva, mas uma grande vantagem. Ninguém nas pistas. Fiz a pista principal em que as equipes estrangeiras estavam treinando…que delicia…tomei coragem para subir mais uma vez e fazer outra descida…absolutamente ninguém passou por mim dessa vez….IMG_2523

Cheguei no restaurante para encontrar a Isa. Estava completamente ensopado e não sentia as mãos tamanho o frio…um tempinho na lareira para retomar os sentidos e voltamos para a cidade. Compramos empanadas para fazer em casa com um bom Angélica Zapata  acompanhando.

Amanhecer da nossa janela

Amanhecer da nossa janela

No dia 22/08 com o mesmo roteiro…café condução, Cerro Castor, aula de esqui, com uma GRANDE diferença…o dia está lindo e fomos logo de cara para as pistas mais altas…o visual é maravilhoso….a esquerda, um penhasco enorme e toda cadeia de picos que se formam atrás do Cerro. A direita o enorme vale cheio de “formiguinhas”esquiando naquela enorme cobertura de açúcar.

Snowboarder Saltando

Snowboarder Saltando

Andamos por varias pistas e até uma que contorna toda face leste do cerro. Christophe deu as últimas orientações e nos liberou para andar em pistas de qualquer cor.. Antes porém….em numa descida a Isa caiu e ficou de barriga para baixo e com os esquis esticados do lado do corpo, parecia uma perereca…perguntei se ela tinha se machucado e ela disse – não sei….assustei e esquiei na direção dela…no nervoso de tentar ajudar ainda dei com o bastão na cabeça dela…típica cena de “Corra que a Policia vem ai”, nada de grave. P8230327A tarde fomos andar em umas pistas que só tinham acesso através ddo teleski e  aqui vale a explicação: Teleski é um meio de elevação constituído de um cano de ferro, com um circulo na ponta um pouco maior que um CD.  Você coloca isso por entre as pernas e esquia morro acima. Mais ou menos como um peixe preso a um anzol. Não preciso dizer que cai no meio do caminho por duas vezes. A situação estava ficando embaraçosa. Finalmente no topo, sugeria a Isa que voltássemos para o outro lado da montanha onde havia cadeirinhas.

Eu caido tentando subir o Telesqui

Eu caido tentando subir o Telesqui

IMG_2566

Muitas descidas e muitos tombos depois, voltamos para um queijos e vinhos na frente da lareira.

Hoje, com o mesmo dia lindo o traslado até o Cerro foi mais rápido. Agora adotamos um alongamento antes de pegar nossos esquis. Enquanto alongamos, ficamos olhando o aquecimento das equipes profissionais que agora são, Suíça, França, Itália, Canadá e Finlândia. É muito engraçado, eles esticam algo como uma escadinha no chão, e vão pulando de diferentes maneira. Um misto de amarelinha com dança russa.P8250389

Continuamos hoje por pistas novas e algumas que já havíamos gostado…descobrimos um fora de pista muito legal por meio das arvores que temos que passar abaixados. Dia de muitas fotos aproveitando o sol forte o dia inteiro.825AF_0143

Hoje não tive problemas com o Teleski…acho que fizemos as pazes. No almoço a Isa encontrou com o Ricardo, um amigo da Pós graduação. Como um se diz …..o mundo é uma ervilha. Alias, agora sim encontramos com varias brasileiros, em sua maioria cariocas e gaúchos.P8230345

Voltamos para as pistas  e já no final, pegamos uma pista preta que acho que é a mais íngreme daqui. A Isa foi na frente e foi bem….eu cai no meio do caminho perdendo meu esqui….fui escorregando tentando parar e nada….tentava cravar o esqui que me sobrara na neve em vão…finalmente parei… olhei lá pra baixo e a Isa já gritava se eu estava bem…sinalizei dizendo que sim…olhei para cima e meu esqui estava uns 50 metros acima….impossivel subir…esperei um grupo de snowbordes descer, para me jogarem o esqui…um deles também caiu e foi escorregando até a base….

Eu caido longe do meu esqui

Eu caido longe do meu esqui

Hoje essa pista me venceu…amanhã tem mais…agora vamos jantar um fondue de queijo….bom apetite

NEVE E FOGO!!! – Fogo na Terra do Fogo

Dia 19/08

Acordamos e hoje e o céu estava completamente limpo, sem uma nuvem…o contorno das montanhas, o laranja do sol por trás delas e algumas estrelas que ainda brilham.

Depois do café da manhã, atravessamos a rua e fomos visitar o Glaciar Martial. Chegamos lá as 10:20 e ainda estava fechado. O Alemão que trabalha no hotel já havia nos previnido. “é para abrir as 10, mas como é estatal, eles por muitas vezes atrasam.” Alias, por todo canto existem criticas ao governo argentino.P1010200

Entramos e subimos via teleférico por mais ou menos 10 minutos, a partir daí é caminhando. Seguimos pelo bosque mas encontramos com uma casal voltando que disse que o volume de neve era muito grande e era melhor voltar. Seguimos então pela beira do rio e fomos por ele nos guiando até ele ficar totalmente submerso na neve. Caminhamos pelo meio do vale com um visual realmente estarrecedor. No alto o céu completamente azul contrastando com o branco das duas montanhas a nossa frente.IMG_2406

Começamos a subir e a neve fofa agora já ia até o joelho e caminhar ficava cada vez mais difícil e também divertido. Seguimos por uma hora aproximadamente e sentamos lá em cima para ver o vale e a cidade ao fundo. Ficamos felizes com nosso condicionamento pois passamos um casal totalmente equipado para treking que acharam estranho nos ver andando com duas garrafinhas de água na mão e mais nada.P1010218

Mas tínhamos que descer pois deveríamos ir para cidade almoçar, uma vez que nosso passeio de Catamarã sairía as 15:00. Descemos correndo e rolando literalmente…o que levamos uma hora para subir, descemos em 15 minutos…Confesso que deve ter sido meio ridículo para que viu de longe (apenas o casal que ainda subia) mas nos divertimos muito e ficamos cobertos de neve.P1010214

IMG_2413

Trocamos de roupa em “nossa casa”e fomos almoçar um delicioso Centola, o King Crab daqui…o caranguejo que nos faz lembrar do Pesca Mortal do Discovery. DELICIOSO…acompanhado de uma taça de vinho…só faltava a ciesta…mas tínhamos o nosso tour abordo do Moreno Jr, nosso barco.

P1010254O tour sai do porto de Ushuaia e segue para ilha de Los Lobos onde podemos observar um bando de Lobos Marinhos (que para mim sempre foram leões marinhos) fazendo seus grunidos e todo o papo de que os machos fazem isso para agradar as fêmeas e espantar outros machos e bla bla bla…já sabemos que é assim que funciona em todo reino animal.IMG_2442 Mas o passeio é realmente bonito, de lá segue para o farol na entrada no canal e voltamos admirando a costa e com o balanço do barco e pós vinho não podemos deixar de dar uma dormidinha.IMG_2455IMG_2470

Voltamos e demos mais uma volta pelo centro, feira de artesanato (não vale a pena), mais loinhas e fomos jantar numa panederia, cafeteria e vinheria chamada Ramos Generales. Outro lugar que vale ser visitado. Decoração com objetos antigos, aconchegante e com um cardápio bem variado. Comemos presunto cru com Brie e até o final da semana voltaremos lá para experimentar outras iguarias.

Voltamos pra casa pois amanha é dia de esqui.

Dia 20/08

A van veio nos buscar as 8:25 e por isso as 8:00 estavamos o café da manhã que ainda se encontrava fechado. O pessoal chegou as 8:15 e realmente não conseguimos tomar café. Como estamos em baixa temporada e por conta da gripe suína o movimento caiu bastante, acho que diminuíram o numero de funcionários o que prejudicou bastante o serviço.

Chegamos no Cerro Castor as 10:00 e fomos direto para a lanchonete, estávamos morrendo de fome. Depois fomos tratar de alugar os esquis e comprar os passes para toda a semana. Ficamos surpresos com o tanto de equipes de esquiadores de diversos países que vem aqui para treinar e sua organização. Vimos a equipe italiana, Suíça e Canadense. Todos com os esquis alinhados, diversas botas e uniformizados. E ainda por cima com uma grande equipe de apoio. Tem um dos caras que só sobe e desce a montanha com o casaco dos atletas, daí eles o vestem sobem e tiram para descer novamente.

IMG_2571

P8200280

Subimos nós em meio a equipe de Suíça e fomos buscar a Escola de Esqui para contratar umas aulas. Fechamos para dali a 40 minutos, enquanto isso a Isa foi tomar um cha no restaurante e eu fui fazer uma descida curta para “esquentar”. Quando fui encontrar com a Isa, vi um fogo grande na cozinha e pensei, “que bom deve estar quentinho lá dentro” entrei e senti um cheiro forte e o os cozinheiros correndo da cozinha e pedindo para todos saírem. A Isa se levanta e vem em minha direção. A essa altura a fumaça já é forte e passa um funcionário com um extintor. Saímos e ficamos olhando de fora, todos os funcionários saem ficam na porta olhando para dentro…pensei que iriam deixar a fumaça se dissipar e voltar ao trabalho.

ANTES

ANTES

Cozinheiro ainda tentando apagar

Cozinheiro ainda tentando apagar

De repente uma forte fumaça preta tomou conta do lugar e todos se afastaram, agora a fumaça começa a sair pelo teto e vemos algumas labaredas novamente. Subitamente os vidros se quebram e o fogo toma conta de todo o restaurante com labaredas de mais de 20 metros. Sentíamos o calor a distancia. IMG_2490Em questão de minutos tudo se acabou…o esforço do Rescue Team de trazer todos extintores disponíveis foi em vão…os bombeiro chegaram 30 min depois quando só havia a carcaça do prédio. Pediram então para evacuar a montanha. P8200266

IMG_2496

IMG_2499

IMG_2498

IMG_2502

IMG_2499Ao menos fizemos a descida do caminho de volta. Deu muita pena, esse era o restaurante mais antigo do lugar a havia muitos funcionários chorando. Uma cena realmente chocante. Felizmente sem feridos…e pensar que a Isa estava lá dentro no inicio do incêndio…e tudo por causa de uma frigideira com azeite que se inflamou…

DEPOIS

DEPOIS

Voltamos para a cidade e aproveitamos para mais caranguejo…hoje vamos fazer jantar em casa….pois AMANHA tem esqui.

Ushuaia – Tierra Del Fuego

Terra do Fogo –  Fim do Mundo

OBS – Ainda sem foto pois a conexão aqui é muito ruim – consegui subir no Flickr, clique – AQUI – para ver!

Correria, correria e correria, assim se passaram as ultimas semanas antes das esperadas ferias. Culminando com uma semana repleta de insônia…para melhorar, no domingo véspera do embarque, a Isa ficou fazendo backup do computador e trabalhando até as duas da manhã…eu como não conseguia dormir também aproveitei para responder os últimos e-mails que ainda faltavam. Agora já era 3:46 da manhã no relógio que projeta as horas no teto do quarto e continuo dormindo e acordando…fazendo força para dormir pois as 5:30 temos que levantar.

Assim foi até a bendita hora…que poderia ser mais tarde…mas como nunca se sabe como estará o transito de São Paulo numa segunda feira pela manhã… resolvemos não arriscar. Saímos de casa as 6:00 e acabamos chegando no aeroporto em meia hora. O check-in ainda nem estava aberto…então, fomos tomar um café e procurar um cyber para Isa imprimir um material que queria ler durante a viajem.

Embarcamos no 737 da Aerolineas Argentinas (bem acabado, por sinal) com atraso de uma hora, suas aeromoças não estavam com bom humor e para melhorar, um senhor da tripulação que viajava de extra na parava de tossir…uma tosse absurda e não colocava mascara. Como tínhamos as nossas tratamos de saca-las da mochila e vesti-las. Mas o sujeito não parava…a Isa não se agüentou e foi falar com a aeromoça que apesar de ficar rindo com a solicitação pediu ao senhor que colocasse a mascara. Comemos um lanche, possivelmente o pão com queijo mais caro que já comi (uma vez que estávamos de executiva a expectativa era um pouco mais alta) e conseguimos dormir um pouco.IMG_0003

Chegamos a Buenos Aires e tínhamos que trocar de Aeroporto para pegar o vôo para o Ushuaia. Pegamos um mega transito pois era feriado de San Martin. Chegamos com mais correria para pegar o vôo…deu tempo…ainda bem que havíamos feito o check-in do Brasil…tivemos ainda 10 minutos de espera e logo embarcamos…o vôo agora foi bem mais agradável, com aeromoças BEM mais simpáticas. Comemos o segundo pão com queijo (a Isa está ficando desesperada por uma salada). Aproveitei para colocar a leitura em dia…li boa parte do livro  Minha Terra é o Mar,  do Beto Pandiani. Alias um livro excelente e muito emocionante, recomendo.

Chegamos em Ushuaia as 9:40 da noite onde uma simpática guia nos recebeu, enquanto ela nos dava as explicações o aeroporto literalmente fechou…as luzes foram se apagando e as pessoas indo embora, tudo isso em questão de 15 minutos.

Vimos as luzes da cidadezinha e começamos a subir para o hotel Cumbre Del Martial…é o último da estradinha que chega no Glaciar…ou seja, o Glaciar está no outro lado da rua. O hotel é maravilhoso, muito mais do que esperava. As cabanas no meio da floresta coberta de neve. Cada cabana com uma parede inteira de vidro,  que se abre para a sala com uma lareira e a Jacuzzi. Há uma pequena cozinha e no mezanino uma cama grande e confortável…todo o piso é aquecido, portanto andar descalço é uma delicia.

Quando pequeno, as vezes para dormir minha mãe falava para imaginar um lugar tranqüilo que me desse vontade de passar horas olhando o tempo passar. Isso foi o mais perto que consegui chegar desse lugar que sempre imaginava.  Lembrei emocionado disso e contei para Isa enquanto comíamos em nosso novo lar temporário. Eu um belo filé e a Isa uma truta mas ainda nada de salada pois  estava em falta. Chega de pão com queijo.

Nossa Casa

Nossa Casa

A Isa desarrumou as malas e me dei conta que trouxe roupa de mais. Ocupei mais da metade do armário, que também fica na parte de baixo em frente ao banheiro bem decorado.

Vista de fora

Vista de fora

Deitamos acabados em frente a lareira e finalmente dormimos…amanhã cedo vamos ao parque nacional.

Dia 18/08

Abri as cortinas e me deparei com a bela imagem do sol querendo aparecer em meio as nuvens e as arvores pesadas com tanta neve…o lugar é ainda mais maravilhoso de dia. Belo café da manhã e pontualmente as 8:50 a van estacionou em frente a recepção. Embarcamos e tivemos a oportunidade de ver , agora de dia, a pequena cidadezinha entre a cordilheira e o canal  de Beagle. Paramos para pegar mais um casal em um outro hotel e para minha surpresa o motorista chamou a atenção deles pois o horário de pega-los era 8:55 e não as 9:00…será influencia de quando os ingleses passaram por aqui? Já gostei desse lugar.IMG_2348

Entramos no Parque nacional e fomos fazer o Passeio do Trem do fim do mundo. Ushuaia começou com a necessidade da Argentina de ocupar o lugar. Assim o governo decidiu construir um presídio que ajudaria a construir uma cidade. Assim o trem ganhou vida, carregando os presidiários desde o presídio até os campos de onde as arvores eram cortadas e depois até o local onde fora construída a cidade e o porto.  Portanto, passamos por uma área chamada cemitério de arvores,  um grande descampado apenas com pequenos pedaços de troncos e raízes. Uma triste lembrança da construção da cidade. Pensamos no quão absurdo é isso que acontece ainda nos dias de hoje. Olhando a área, lembramos das fotos de satélite dos desmatamentos na Amazônia e fiquei com vergonha…fazemos muito pior ainda hoje…

Trem do Fim do Mundo

Trem do Fim do Mundo

O passeio conduzido pela locomotiva a vapor é acompanhado por uma gravação com as informações para os turistas em diversas línguas. O texto é super dramático ressaltando o trabalho forçado dos presidiários. A musica sorumbática e a descrição que era feita fazia parecer que os presidiários eram vitimas. Nos lembrou a visita a Auschwitz. Só que no campo de consentração, pessoas inocentes eram exterminadas, essas sim eram vitimas da mente perturbada de Hitler. Não deviam nada a sociedade, não tinham matado ninguém e não tinha feito nada de errado que justificasse pena de morte. Já aqui os condenado estavam apenas abaixo da pena de morte.  Eram presos perigosos que cometeram crimes graves e tinham ainda a chance de voltar a sociedade depois de comprida a pena.IMG_2218

Para nosso infelicidade (ou felicidade) a locutora que gravou em português tinha lingua presa do tipo “Aguaguacuaga”, pensamos que foi pegadinha de algum argentino.  Mas não deixava de ser engraçado, ainda mais com a dramatização e o texto se seguia…”o tgabalho fgorçado dos pgesos”e nós rindo enquanto o grupo de canadenses a nossa frente nos olhavam desconfiados.IMG_2231

Final dos 7 km que restaram dos 25 km originais da ferrovia e ficamos pensando se esse tipo de pena é de fato uma atrocidade como o histórico dessa ferrovia ou se efetivamente pode ser bem aplicado. Os condenados não podem devolver a sociedade alguma coisa do que foi da sociedade tirado por eles???…Não estou dizendo que não houve abuso aqui e que os Direitos Humanos não devem ser observados..mas não existe um meio termo? Algum retorno do sistema carcerário que não seja só custo aos cofres governamentais?….mas essa discussão levaria horas e resolvemos deixar para um outro momento. Queríamos curtir o visual que realmente era lindo.IMG_2297

Chegamos então ao final da ruta 3, que também é a Panamericana. A estrada que cruza as Américas com seus mais de 17000km desde o Alasca até aqui…o fim do mundo. Esse é um ponto que para quem gosta de expedições tem um gosto especial. É como o Everest para os alpinistas, o Cabo Horn para os navegadores o Saara para quem gosta de Rally. Não chegeui aqui como sonhei, abordo do meu carro, apenas por falta de tempo de ferias o suficiente, mas valeu a pena, é uma sensação estranha. Ali acaba o mundo, ao menos sobre rodas. Tudo que já li a respeito e todas as fotos que já vi ali naquele mesmo lugar em que agora tirava a minha. Sai de lá com a certeza de que um dia volto…e dessa vez saindo de casa com meu carro e rodando até aqui em baixo.  Fiquei com a Isa brincando de viajar, planejando em um dia fazermos a volta das Américas…sair de casa…chegar aqui…subir a Panamericana, chegar no Alasca e descer pela costa leste, completando o contorno de norte a sul. Quem sabe um dia!IMG_2261

Chegamos e demos um volta na cidade. Tentamos trocar dinheiro mas sem sucesso pois alem de um documento eles queriam o comprovante de entrada no pais….como não tínhamos não trocamos, mas sem problemas pois todos os estabelecimentos aceitam dólar, real e euro. Fomos almoçar e comemos o fomos Cordeiro Assado da região….ele fica horas rodando no braseiro…realmente espetacular. Alem disso a Isa finalmente comeu sua tão esperada salada.IMG_2292

Mais uma voltinha no centro, comprinhas para não passar frio no esqui e de volta para o hotel. Agora escrevo em frente a lareira, tomando um chazinho quente e olhando a neve lá fora.

Amanha tem mais…


Flickr Photos

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 3 outros seguidores


Audax Randonneurs São Paulo

Ciclismo de Longa Distância

DESAFIO RURAL

Ciclismo de longa distância por terra - Cicloturismo e afins

WordPress.com

WordPress.com is the best place for your personal blog or business site.

%d blogueiros gostam disto: