Posts Tagged 'Ilhabela'

teste com duas cameras

Anúncios

Teste da Go Pro com Wake

Pico do Baepi – Ilhabela

Um Post rápido sobre a subida do Baepi na Ilhabela….

Havia muito tempo que queria fazer essa trilha mas acabava sempre optando ir para o mar. Hoje, com o a previsão do tempo de muito vento e chuva, achei por bem não descer o barco e sim, calçar o meu tenis, vestir o Anorak e caminhar de morro acima.

Uma pesquisa rápida na internet para pegar algumas informações e as 9:30 o Celio, nosso caseiro na Ilhabela, me deixou na entrada da trilha. Não chovia, mas ventava muito e o tempo estava fechado.

Cruzei a placa que marca a subida e logo uns 300 metros acima já se tem uma linda vista do canal. A trilha aqui ainda é em meio ao capim sem nenhuma outra vegetação.

Um pouco mais a frente, a trilha fecha bastante para logo depois abrir já abaixo da copa das arvores. Daí em diante é só subir…uma trilha bonita e muito escorregadia depois da noite toda de chuva. A subida leva aproximadamente 2 horas com as paradas para fotos e para recuperar o fôlego.

A parte mais difícil foi passar por um bambuzal caído que só se passa deitado. O problema é que se sobe um metro e se escorrega dois…hehe….Nesse momento perdi a maquina fotográfica! Não me preocupei, pois como só tinha eu na trilha, certamente acharia na descida.!

Cheguei ao cume…(tenho que fazer a piadinha) você sabe….só o cume interessa.

Tirei umas fotos e fiz um vídeo com o Iphone tirando um sarro de mim mesmo pois não se via absolutamente nada…estava dentro das nuvens e o vento era enorme. Comi um sanduba e uma bananinha e….de morro abaixo.

Na descida, chegando novamente no bambuzal achei a maquina pendurada em um galho como se tivesse sido deixada lá. nem no chão caiu. Nesse momento, na hora de passar deitado a trilha virou um verdadeiro tobogã. Logo depois vi um macaco prego, mas não deu para tirar foto…ele ficou na copa das árvores e foi se afastando.

Muitos “quase” tombos depois cheguei ao trecho de capim novamente e uma bela paisagem se abriu ao sair da mata. O Canal de São Sebastião com fachos de sol iluminando.

Fim de trilha depois de 4 horas…

Agora tem que subir em um dia de sol…..

Força da Natureza – Nunca vi tão rápido!

Virada de tempo inesperada!
Nunca duvidei da força da natureza…mas hoje tive uma demonstração fantástica disso.
Saímos de barco com destino a uma praia que em geral é deserta chamada Praia Brava de Guaicá…o Sol estava tímido mas o mormaço já dava conta de me deixar parecendo um camarão de vermelho.
Atracamos bem no meio na praia e não havia qualquer outra embarcação lá. Ficamos de bobeira…demos uma volta de bote…caminhamos pela praia e sentamos um pouco. IMG_0257
Enquanto estávamos sentados, olhei para cima e vi umas nuvens bem carregadas se formando rapidamente…comentei com a Isa..é melhor voltarmos pois o tempo está mudando…ela disse, ok…vamos esperar um pouquinho para esquentar um pouco mais…quando ela acabou a frase, ela sentiu um pingo de chuva…subitamente veio um vento SURREAL…..isso tudo em questão de 3 minutos…não mais.IMG_0259
Corremos para água para nadar até o barco…o spray das ondas era forte e batia no rosto….já estávamos a uns 30 metros da praia e sentíamos a areia batendo na gente….olhei para frente e o barco tinha se soltado…ainda bem que o Sergio estava a bordo e tratou de recolher a ancora e vir nos resgatar…
Subimos no barco e enquanto o Sergio guardava tudo que podia voar eu saia com o barco e a Isa foi pegar o telefone para tirar umas fotos…
As ondas cresciam e sumiam na frete do barco…víamos colunas de água subir do mar com a força do vento….ficamos olhando um barco menor e um Jet a uns 70 metros a nossa esquerda…eles por vezes sumiam de traz das ondas…IMG_0266
Ouvimos no radio uma serie de barcos em apuros…resolvemos acelerar mais para entrar logo no canal…abrindo mão do conforto e batendo bastante. Atravessamos o canal e fomos direto para a Marina onde deixamos o carro. Pela primeira vez paramos em uma Marina em Caragua para não usar a balsa Ilhabela-São Sebastião. Seguimos um outro barco para encontrar a entrada do Rio que leva até a marina.IMG_0278
A arrebentação estava forte, mas conseguimos passar….e a traquilidade do rio se fez presente.
Foi muito boa a experiência….quando vemos na TV ou lemos a respeito, nunca acreditamos que pode ser tão rápido….IMG_0275
Quando chegamos na marina vimos a embarcação do Salva-Vidas saindo para fazer um resgate…o radio não parava com vários barcos em dificuldade…mais um barco saindo a marina para ajudar outros navegadores a entrar no Rio.IMG_0272
Banho tomado….hora de encarar o trânsito de volta a São Paulo.

Paraíso ameaçado!

Enquanto escrevo sobre a travessia dos Andes, paro para pensar em todas as belezas naturais que o Brasil tem, sem nenhuma intenção de comparação com Argentina, que também é imperdível.

Rio de Janeiro, Jalapão, Chapada Diamantina, Chapada dos Guimarães, Fernando de Noronha, Aparados da Serra – RS, Bonito, Socorro, Buzios, Brotas, Tiradentes, Meaipe, Maraú,…vixi….vou parar por aqui se não vou até o final do post citando cidades.

Isso tudo por que essa semana fui a palestra sobre o projeto de ampliação do Porto de São Sebastião. Realmente fiquei apavorado com o impacto que isso pode gerar. Sempre busquei ser ecologicamente correto, mas não um “eco-chato”como se diz. No entanto, essa causa realmente me deu um “click”. Aquele desejo de fazer algo a mais do que só lamentar e falar mal do poder público…AINDA DA TEMPO DE FAZER ALGUMA COISA! Em absoluto sou contra ao progresso e a necessidade de expansão de fronteiras para o Brasil, mas não consigo me convencer que este é o melhor lugar para tal avanço….tanto ecologicamente quanto economicamente!

Por que, usar esse paraiso natural quando existe espaço para aproveitar estruturas que já estão em funcionamento e tem vocação para a atividade como é o porto de Santos? Que interesses existem? Qual a vocação de cada lugar?

Essa será a nova paisagem

Essa será a nova paisagem

É isso que veremos com a ampliação.

Aqui vão alguns dados:

  • Aumento de 4 para 18 navios atracados simultaneamente
  • 06 a 08 navios de container
  • Isso significaria 18000 caminhões para descarregar/carregar carga por dia
  • ou 900 caminhões hora
  • ou 15 caminhões por minuto

Por onde esses caminhões vão passar? Por mais que se duplique a Tamoios, não há meios de escoar essa quantidade…já vimos como é a Anchieta

As alternativas de construção da estrada são as seguintes;

Slide15A via em amarelo é a que causaria menos impacto pois seria baseada na construção de túneis…mas é logicamente a mais cara. Qualquer outra alternativa traz os impactos que toda estrada traz para o ambiente a sua margem. Ocupação desordenada e clandestina, desmatamento, favelização e riscos para moradores e motoristas.

Não estou passando por aqui por todos os pontos…como disse…me envolvi nessa questão na quinta-feira e não tenho ainda todas infos. Mas o que vi já foi suficiente para me mover a tentar fazer algo…não é algo distante que vemos no jornal com o Greenpeace com um barquinho em frente a um petroleiro. É algo que está aqui…acontecendo AGORA…e temos alternativas.

  1. mobilizar opinião publica, ministério publico, mídia e buscar mais e mais parceiros que abracem a causa.
  2. Mobilizar o Poder Publico (gov. estadual) a investir na atual vocação do porto que é base operacional para o pré-sal e turismo
  3. Buscar todos os argumentos e falhas no projeto e provar a inviabilidade e impactos.
  4. e por fim a alternativa Jurídica!

Todas as cidades do Litoral serão afetadas pelo enorme trafego de navios e caminhões, de Maresias a Ubatuba. Os jornais mostram com frequencia o que acontece em portos grandes do país…mais de 100km de congestionamento…prostituição….favelização!

Por que não incentivar ainda mais a vocação Turistica e Esportiva da região? Como fica a vida dos pescadores caiçaras? Os hoteis da região? Restaurantes? Vilas Caiçaras?

Se todas essas iniciativas não derem certo, existe a chance de perdermos essas imagens:

Golfinhos

Golfinhos

Slide12P1010142

P1010141

Para assinar o abaixo assinado contra a ampliação que será levado ao Governador, clique AQUI

Para acessar o site do movimento clique AQUI

Abraços,

Becker


Flickr Photos

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 3 outros seguidores


Audax Randonneurs São Paulo

Ciclismo de Longa Distância

DESAFIO RURAL

Ciclismo de longa distância por terra - Cicloturismo e afins

WordPress.com

WordPress.com is the best place for your personal blog or business site.

%d blogueiros gostam disto: